” Porque o Senhor não vê como vê o homem. Pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração.” (1 Samuel 16:7, RC95)

Um brasileiro emigrou para os Estados Unidos na idade de vinte anos. Aos noventa, quis ver novamente sua terra natal. Viajou para o Brasil e ficou alguns meses antes de retornar aos Estados Unidos. Na volta, foi submetido a um monte de perguntas por um oficial da imigração. Para seu espanto, o velho brasileiro descobriu que, embora tivesse vivido nos Estados Unidos por cerca de setenta anos, não era cidadão norte-americano, como supunha. Nunca se preocupara com a naturalização, portanto, aos olhos da lei, ele era estrangeiro.

Quantas pessoas professam o cristianismo e, contudo, não são de fato cristãs. Muitas delas frequentam a igreja regularmente aos domingos e até são ativas em sua congregação local. Possivelmente acreditem que seus costumes religiosos bastarão para a sua salvação eterna. Estão enganadas! O homem não é justificado por obras da lei, e sim mediante a fé em Cristo Jesus. É Deus quem justifica. Faz isso com base na obra de redenção de Cristo realizada na cruz do Calvário. Ali, diante de Deus, que é santo, o Salvador expiou os pecados de todos os que nEle crêem. Os que nEle crêem são perdoados – são justificados. Aos olhos de Deus são os únicos cristãos verdadeiros. O estilo de vida deles os caracteriza como cristãos.

Pastor Edvaldo José Gonzaga de Melo
Pastor Presidente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*